Crianças em casa? Dicas para evitar acidentes domésticos.

Acidentes domésticos são bastante comuns, principalmente, com idosos e crianças. Alguns objetos e situações caseiras que parecem simples e sem riscos podem representar uma ameaça para crianças curiosas, idosos com movimentos limitados e adultos desatentos. 


1- Guarde os eletrodomésticos nos armários altos ou com travas nas portas; 
2- Para uma criança se afogar, bastam 2,5 cm de profundidade. Cuidado, portanto, com água em baldes e tanques, além de vasos sanitários e piscinas sem proteção adequada; 
3- Depois do uso, esvazie baldes, banheiras e piscinas infantis e guarde-os sempre virados para baixo; 
4- Guarde trancado e fora da vista das crianças todos os produtos de higiene e limpeza, venenos e medicamentos; 
5- Crianças devem brincar em locais seguros. Escadas, sacadas e lajes não são apropriadas. Redes nas janelas e portas de contenção que impeçam o acesso às escadas ou áreas perigosas ajudam muito; 
6- Não ligue aparelhos elétricos com as mãos ou o corpo molhados ou ainda se estiver pisando no chão úmido. Vale lembrar novamente: ao desligar um aparelho jamais puxe o fio da tomada; 
7- Os cabos das panelas devem ficar virados para dentro do fogão; 
8- Não deixe cadeiras, camas e bancos perto de janelas, pois as crianças podem escalar e se debruçar. O mesmo vale para móveis baixos perto de estantes e armários altos; 
9- Use protetores nas portas para evitar que a criança prenda a mão ou dedos; 
10- Pisos molhados e escorregadios estão dentre os acidentes domésticos mais comuns, por isso é importante tomar cuidado com o local onde se pisa. Pedaços de tacos soltos ou pisos quebrados podem oferecer o mesmo risco. No caso dos tapetes, os antiderrapantes são os mais indicados para a casa inteira. Nas escadas, a instalação de corrimão e faixas antiderrapantes também é indispensável.